Filhos do Fim do Mundo – Fábio Madrigal Barreto

Para mim, infelizmente, foi perda de tempo ler este livro. O enredo é fraco e sem coerência e a escrita do autor é recheada de clichês.

Em um dia qualquer, surge uma epidemia misteriosa: todas as crianças do planeta começam a nascer mortas. Descobre-se que, não só as crianças, mas todos os seres que deveriam nascer, fenecem, desse dia em diante. Humanos, animais, plantas. Um jornalista embarca em um caça do exército para visitar bunkers em outro país, verificar se lá também ocorreu o fenômeno, se há uma explicação e uma possível cura. Após mortes e distúrbios, e sem qualquer resultado, o jornalista volta dos bunkers e descobre que, na Estação Espacial Internacional, plantas continuam a nascer. Nas cidades, o caos: luta por comida e por informações, visto que, em uma harmonia inaudita, os governos do mundo fecharam a internet. Após seis ou sete dias de caos e centenas ou milhares de mortes, a mulher do jornalista dá à luz uma criança que sobrevive ao parto. Outras crianças começam a nascer novamente. Fim.

Pode ser que nas mãos de Saramago, este enredo se tornasse interessante. Entretanto, o autor não é Saramago e sua forma de escrever é primária. Todas as páginas são recheadas de clichês. Clichê, chavão, lugar-comum, expressões desgastadas pelo uso. Para escrever como o autor, podemos dizer que o livro é sem pé nem cabeça e o leitor não vê a luz no fim do túnel. As incontáveis expressões desgastadas que o autor utiliza podem fazer parte de um compêndio sobre como não escrever um livro.

Abaixo, listo algumas das expressões usadas pelo autor. Se você pretende escrever melhor, não use nenhuma delas:

Sem pensar duas vezes – um arrepio subiu pela espinha – partiu a toda velocidade – piada de mau gosto – feito fogo em mato seco – como se fosse a última vez – sentimentos à flor da pele – válvula de escape – luz no fim do túnel – alegria pura – franca desvantagem – ingrediente secreto – todas as maneiras possíveis e imagináveis – ossos do ofício – sou todo ouvidos – deu de ombros – feliz e saltitante – fumar feito chaminé – acalmar os ânimos – chorou de emoção – amava loucamente –  alma tão doce – notícia tão catastrófica – arrepio na espinha – corrida alucinada – tristeza em seus olhos – inimigo invisível – situação incontornável – caminho misterioso – sorriso falso – tamanho disparate – paixão doentia – celebrar a vida – olhos lacrimejando – cena estarrecedora – chorava copiosamente – como se não houvesse amanhã – paixão passageira – como se visse um fantasma – tragédia mundial – acesso de loucura – estavam por conta própria – sol escaldante – ironia do destino – não podiam perder tempo – era só o que me faltava – é a única solução – tinha calafrios – gente de bom coração – fé nas pessoas – verdades incontestáveis – deixados à própria sorte – o que os olhos não veem, o coração não sente – sorriso estonteante – banho de sangue – sentiu um calafrio e engoliu em seco – onda de desespero – ou vai ou racha – a subida parecia não ter fim – futuro inevitável – afastar os demônios – momento crucial – vida em risco – sonho acordado – cada um por si – cara de poucos amigos – oração profunda – vigília silenciosa – rosto lavado por lágrimas – copo usado com marca de batom – veias saltavam do pescoço – como uma panela de pressão – metade vazia do copo – acreditar em nós mesmos – força do hábito – na medida do possível – abraço caloroso – mentir na cara dura – acelerar o processo – capacidade de superação – cadeia de comando – olhando nos olhos – vida que pulsa – missão impossível – debates acalorados – pagaram com a vida – o maior desafio da humanidade – num passado distante – manteve os olhos fixos – acreditar em nós mesmos é tudo que nos resta – quebrar as regras – lutando contra seus próprios demônios – engoliu em seco e esperou pelo pior – pavio curto – não mordiam a isca –  foco do problema – barulho ensurdecedor – sem razão aparente – respirou fundo – pisou no acelerador – risada irresistível – umedecia os lábios – acelerou até o limite – velho sonho de infância – ultrapassar os limites – golpe atrás de golpe – punição severa – ordens são ordens – alguma coisa precisa dar certo – ataque brutal – jogo de gato e rato – salvador da pátria – lavando roupa suja – lição de moral – fortes indícios – jogada de marketing – tão perto e tão longe – fé em si mesmo – vista maravilhosa – paisagem impressionante – em alto e bom som – na pior das hipóteses – sorriso próximo da perfeição – olhos lacrimejavam – sonhos se tornam realidade – chorava de alegria – sorriso contagiante – precisamos conversar – aguente firme – olhava fixamente – saraivada de tiros – jogando conversa fora – dentes perfeitos – umedecendo os lábios – jurava de pés juntos – vista magnífica – negrume da noite – prateado da lua – beleza do raiar do sol – era tudo ou nada – a vista era realmente impressionante – muito além da imaginação – estava fora de si – espera angustiante – rangeu os dentes – como num passe de mágica – escrito nas estrelas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s