Sei personaggi in cerca d’autore. Luigi Pirandello, 1921

Sei personaggi in cerca d’autore. Luigi Pirandello, 1921.

Li a peça de Pirandello em italiano para melhorar a minha compreensão da língua. O título da peça já me fazia esperar o que viria, personagens, em um teatro, em busca de um autor que lhes desse sentido. O diretor e um grupo de atores estão ensaiando uma peça quando seis personagens invadem o teatro e o palco exigindo mostrar sua história. De início, não gostei de como a peça se desenvolve. Muita discussão e muita interrupção de parte a parte. Não conseguia acompanhar a história que os personagens contavam, pois eram continuamente interrompidos por diretor e atores. Minha impressão, mesmo ao final da peça, é que a história se desenvolveu aos tropeções. Enfim, temos seis personagens que foram abandonados por um autor, que não julgou interessante continuar a elaborá-los. Discute-se, então, a função dos personagens, do autor, dos atores, do próprio teatro. Quando terminei de ler, percebi que a peça era melhor do que eu pensara, inicialmente. Entretanto, a mim me parece que falta mais trabalho do autor, mais definição, mais elaboração. Quando terminei de ler, me deu vontade de reler para entender melhor. É necessária uma segunda leitura, sim.